Baú de sentimentos

25 out

Com o tempo, aprendi a guardar mágoas, abafá-las. Mas não pense que isso é bom, porque, pra falar a verdade, de nada adianta. Chega um momento, apropriado ou não, em que todas as tristezas escapam.

Outro dia, esse momento chegou pra mim.

No começo, senti-me um pouco envergonhada, por haver umas vinte pessoas no mesmo local. Minhas amigas até tentaram me consolar, porém, aquelas palavras não eram o que eu precisava. Não que elas tivessem feito algo errado, muito pelo contrário. A questão era que eu só precisava de uma coisa: chorar. Tirar tudo o que estava dentro de mim e que não me fazia bem. E, enquanto chorava, minha cabeça estava a mil. Eu pensava em tudo, em todos.

A verdade é que tenho passado por um processo muito drástico de mudanças. Sinto que isso está me fazendo muito bem, só que não está sendo fácil.

Nesses momentos de dificuldade, encontrei uma força interior que eu nunca imaginava que teria. Mas mesmo com isso e com tanto apoio de pessoas incríveis, eu sofri. E tudo o que me chateava, eu simplesmente guardava só pra mim, e lá ficava.

Mas, depois de chorar como não chorava há tempos, eu me senti leve. Não completamente, pois sabia que havia muito a ser feito para atingir esse patamar. Porém, foi extremamente maravilhoso.

Eu estou dizendo que chorar foi maravilhoso? Sim. E só quem já passou por isso sabe do que falo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: