Essas metamorfoses

19 jan

Depois de trocar os óculos por lentes de contato e tirar o aparelho dos dentes, se eu não tinha, hoje eu tenho certeza: mudanças são fundamentais.

Quando eu tinha doze anos e usava óculos e aparelho, eu gostava de um garoto. E, bem, esse garoto não gostava de mim, não admirava minha aparência (eufemismo para dizer que me achava horrível). Algum tempo depois, já com treze anos de idade, deixei os óculos de lado e o mesmo garoto se mostrou interessado por mim, e foi uma das sensações mais deliciosas do mundo.

Não que eu ainda gostasse dele, porque isso só provou que ele era uma idiota, mas é que eu passei a amar o fato de ter usado óculos algum dia.

O que estou tentando dizer é que quando as pessoas te acham maravilhosa desde o instante em que você nasceu até seu último suspiro (não que seja meu caso, porque, de fato, não é), você não dá tanta importância quando uma pessoa te elogia, por exemplo. Porém, quando você não tem aquilo sempre, você passa a dar muito mais valor – e isso vale pra tudo na vida.

Quem já usou aparelho sabe muito bem do que eu estou falando: depois de meses – ou anos – sofrendo, no momento em que você se vê com o sorriso novinho, é impossível parar de sorrir. E é nessa hora que toda a dor e as fotos com dentes não tão bonitos valem a pena.

Eu amo mudanças, amo os óculos e o aparelho que usei. Tudo isso fez com que eu desse valor a como eu estou hoje.

Anúncios

2 Respostas to “Essas metamorfoses”

  1. Ângela Silva 22/01/2012 às 20:51 #

    Bom, eu uso aparelhos, vou colocar óculos no próximo mês. Mais comigo vou um pouco diferente, antes os garotos não gostavam de mim, eu era uma completa retardada (não so por eles, mais também pelo meu jeito), depois que coloquei aparelhos nos primeiros meses foram muito dificeis, mais foram eles que me ajudaram, mudei, depois dos aparelhos comecei a gostar de mim, comecei a me achar bonita, comecei a me vestir bem, não pelos gostos dos outros (como fazia antes), não me tornei uma garota diferente, aquela Ângela esta aqui, ela sempre esteve aqui, mais ela estava presa, mais agora ela se libertou das máscaras invisiveis que nós mesmos fazemos, me tornei a segunda garota mais popular da escola, e uma das mais desejadas pelos garotos também, me libertei e virei uma nova Ângela, aquela Ângela que ja estava presa aqui dentro, mais agora me libertei. Obrigada aparelho, foi Deus que me trouxe você para me ajudar.

    • Victória Lopes 22/01/2012 às 21:26 #

      Você não imagina o quanto fiquei feliz em ver você compartilhando sua história aqui :D
      Que bom que está feliz agora! A superação dá até um certo orgulho de si mesma, né? Hahaha!
      O aparelho na verdade nem me atrapalhou tanto, os óculos que me deixavam mais insegura! Tirei o aparelho há um mês e dois dias (:
      Espero que continue assim! Nada melhor que ser você mesma.
      Bisou e muito obrigada por este comentário ;*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: